Cinema e Séries

20 filmes importantes para assistir no “Dia do Cinema Brasileiro”

Hoje, 19 de Junho, é um dia importante para o cinema nacional!

Foto: Divulgação

Sempre houve uma certa controvérsia quanto ao chamado “Dia do Cinema Brasileiro”. Ele chegou a ser comemorado em 5 de novembro, porque nesta data, em 1907, o português Antônio Leal teria realizado a primeira filmagem no País. Mas de acordo com a própria Ancine, a Agência Nacional de Cinema, terminou validando o dia de hoje, porque em 19 de junho de 1898, regressando da França, a bordo do navio Brésil – que zarpou de Bordeaux -, o ítalo-brasileiro Afonso Segreto, capturou as primeiras imagens em movimento da costa brasileira, utilizando-se do equipamento, o cinematógrafo, que trazia da Europa.

Abaixo, temos uma lista bem legal para você assistir nessa data ou em qualquer outra, dando valor, apoio e importância ao cinema brasileiro. Então, vamos lá?

O Auto da Compadecida (2000)

O filme mostra as aventuras de João Grilo e Chicó, dois nordestinos pobres que vivem de golpes para sobreviver. Eles estão sempre enganando o povo de um pequeno vilarejo no sertão da Paraíba, inclusive o temido cangaceiro Severino de Aracaju, que os persegue pela região. Somente a aparição da Nossa Senhora poderá salvar esta dupla.”

Bacurau (2019)

Os moradores de um pequeno povoado do sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa, Domingas, Acácio, Plínio, Lunga e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.

Central do Brasil (1998)

Dora, uma amargurada ex-professora, ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas, que ditam o que querem contar às suas famílias. Ela embolsa o dinheiro sem sequer postar as cartas. Um dia, Josué, o filho de nove anos de idade de uma de suas clientes, acaba sozinho quando a mãe é morta em um acidente de ônibus. Ela reluta em cuidar do menino, mas se junta a ele em uma viagem pelo interior do Nordeste em busca do pai de Josué, que ele nunca conheceu.

Que Horas Ela Volta? (2015)

A pernambucana Val se mudou para São Paulo com o intuito de proporcionar melhores condições de vida para a filha, Jéssica. Anos depois, a garota lhe telefona, dizendo que quer ir para a cidade prestar vestibular. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, porém o seu comportamento complica as relações na casa.

Cidade de Deus (2002)

Nas favelas do Rio de Janeiro dos anos 1970, dois rapazes seguem caminhos diferentes. Buscapé é um fotógrafo que registra o cotidiano violento do lugar, e Zé Pequeno é um ambicioso traficante que usa as fotos de Buscapé para provar como é durão.

Tropa de Elite (2007)

O capitão da força especial da Polícia Militar do Rio de Janeiro treina dois recrutas novatos para que possam sucedê-lo.

Se Eu Fosse Você (2006)

Cláudio e Helena são casados há muitos anos e enfrentam a rotina do casamento. Um dia eles são atingidos por um fenômeno inexplicável e trocam de corpos. Apavorados, eles tentam lidar com a situação até encontrar uma solução para reverter o acontecimento bizarro. Mas à medida que vão enfrentando obstáculos, eles passam a aprender e a entender mais sobre o outro.

Os Normais (2003)

Rui e Vani estão prestes a se casar, com parceiros diferentes. Ambas as cerimônias estão marcadas para a mesma sacristia, e é aí que eles se conhecem e conversam pela primeira vez, dando início a uma série de confusões muito longe do normal.

Era Uma Vez… (2008)

Um garoto da favela que trabalha num quiosque de uma prestigiosa praia do Rio de Janeiro se apaixona pela filha de um milionário. Eles seguem o romance apesar das objeções do pai da menina.

Lisbela e o Prisioneiro (2003)

A jovem Lisbela adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade da moça. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas Lisbela está de casamento marcado. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa no passado.

Minha Mãe É uma Peça (2013)

Dona Hermínia é uma mulher de meia idade, divorciada do marido, que a trocou por uma mais jovem. Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano, que já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles a consideram uma chata, resolve sair de casa sem avisar ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia para desabafar suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.

O Palhaço (2011)

Benjamim e Valdemar formam a divertida dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Mas Benjamin decide deixar o circo e mergulhar em uma nova aventura para realizar um grande sonho.

Dona Flor e Seus Dois Maridos (2017)

Dona Flor é uma sedutora professora de culinária casada com Vadinho, que só quer saber de farras e jogatina nas boates. A vida de abusos acaba por acarretar sua morte precoce. Logo Dona Flor se casa de novo, com o recatado e pacífico farmacêutico Dr. Teodoro. As saudades do antigo marido que, apesar dos defeitos era um ótimo amante, fazem com que ele retorne em espírito que só a viúva consegue ver. Isso a deixa em dúvida sobre o que fazer com os dois maridos que passam a dividir o seu leito.

Carandiru (2003)

Um médico sanitarista se oferece para realizar o trabalho de prevenção ao vírus HIV no Carandiru, maior presídio da América Latina, durante os anos 90. Convivendo diariamente com a dura realidade dos encarcerados, ele presencia a violência agravada pela superlotação, a precariedade dos serviços prestados e a animalização dos presos. Paradoxalmente, conhece o sistema de organização interna e o lado frágil, romântico e sonhador daqueles que tanto mal parecem ter feito à sociedade.

2 Filhos de Francisco (2005)

Um lavrador do interior do Brasil tem um sonho: fazer com que seus dois filhos sejam famosos cantores de música sertaneja.

Ó Paí, Ó (2007)

Em um animado cortiço do centro histórico do Pelourinho, em Salvador, tudo é compartilhado pelos seus moradores, especialmente a paixão pelo Carnaval e a antipatia pela síndica do prédio, Dona Joana. Todos tentam encontrar um lugar nos últimos dias do Carnaval, seja trabalhando ou brincando. Incomodada com a farra dos condôminos, Dona Joana decide puní-los, cortando o fornecimento de água do prédio.

Meu Nome Não É Johnny (2008)

João Guilherme Estrella é um jovem da classe média que se torna o rei do tráfico de drogas da zona sul do Rio de Janeiro. O rapaz inteligente e adorado pelos pais passa a ser investigado pela polícia e enfrenta a dura realidade de um criminoso.

Bingo: O Rei das Manhãs (2017)

Cinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa matinal homônimo da televisão brasileira durante a década de 1980. Barreto alcançou a fama graças ao personagem, apesar de jamais ser reconhecido pelas pessoas por sempre estar fantasiado. Esta frustração o levou a se envolver com drogas, chegando a utilizar cocaína e crack nos bastidores do programa.

O Homem que Copiava (2003)

Um humilde operador de copiadora se apaixona pela vizinha e, para conseguir se aproximar da jovem, se transforma num falsificador de dinheiro.

Aquarius (2016)

Uma jornalista aposentada defende seu apartamento, onde viveu a vida toda, do assédio de uma construtora. O plano é demolir o edifício Aquarius e dar lugar a um grande empreendimento.

Menção honrosa:

A Vida Invisível (2019)

Antigas cartas de sua irmã Guida, há muito desaparecida, surpreendem Eurídice, uma senhora de 80 anos. No Rio de Janeiro dos anos 1950, Guida e Eurídice são cruelmente separadas, impedidas de viverem os sonhos que alimentaram juntas ainda adolescentes. Veja a história destas duas mulheres, duas irmãs, tentando lutar contra as forças sociais que insistem em frustrá-las. Invisíveis em uma sociedade paternalista e conservadora, elas se desdobram para seguir em frente.

Comentários